sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Texto surpresa

Esse é um texto de minha autoria que não consegui esperar mais para postar . Leiam e quem sabe nao se deleciam com essas palavras...
Interpretação do imperceptível
     Essa é uma interpretação de um mundo comumente interpretado errado . Algo que seria para muitos uma coisa simples e sem nexo quando se tratando de algo como o seu próprio caminho .
      Se olharem para uma arvore muitos poderão tê-la como apenas uma planta , outros mais profundos a terão como uma opção de sombra ou abrigo animal .
      A palavra “só” muito me entristece , por isso só a usarei em casos extremos como realidades nada alegres . A arvore será nosso exemplo inicial . Essa única coisa viva tida como imóvel em outros olhos poderia ser classificada como o melhor dançarina de todos os tempos . Se olharmos bem , são elas as únicas que se balançam de acordo com o ritmo do vento . E não há nenhuma rebeldia ou cansaço ; elas de fato dançam da forma que o tempo manda . Elas também podem ser vistas como seres de altíssimo nível de lealdade . Observem a firmeza com o que permanecem no seu local . Olhe também como estão sempre lá , prontas para receber a todos , sem o menor preconceito . São incríveis guerreiras , verdadeiras plantas “romanas” ou espartanas”. De fato , sendo apenas 300 , por exemplo , é preciso um exercito de força para coloca-las aos chão . E ainda estarão na batalha até a morte , sempre prontas para essa aventura que quer você veja ou não elas encaram todos os dias . Ver suas semelhantes caírem na sua frente e mesmo assim manter a postura para enfrentar algo bem maior , por um motivo ainda maior . Confiaria a minha vida a elas . E ainda após a luta essas incríveis criaturas ainda se permitem dançar para quem quer que veja .
        O mais incrível  dessa gentileza das plantas é nunca exigir mais do que realmente precisam . Comentários ruins elas melhor do que ninguém conseguem guardar para elas mesmas . Preferem se ferir por dentro e se deixar marcar por fora à marcar alguém de alguma forma ; essas sim reconhecem quais são seus lugares de direito ( não que elas só mereçam aquele).
        O vento , ou melhor , todos eles são bem mais que tesouros . Verdadeiros mensageiros , mas não ousem abusar dessa corrente . Apesar do nome anterior ter como imagem algo forte e resistente posso lhes afirmar que eles não tem uma paciência de aço . Por isso , além de começarem a festa incentivando a dança podem muito bem acabar com ela . E depois dizem que só podemos temer o que vemos .
       Mas de muito não sei . Algo em mim me faz perceber que não sei de quase nada . Somente a pouco tempo soube o real tamanho das coisas .
       Recentemente que passei a ouvir a brisa , o vento e até mesmo as tempestades . É certo que ainda não consigo entender a língua na qual se comunicam , mas com certeza sempre trazem algum significado . Até mesmo um simples senso critico de moda capitar . Sei que adoram tirar o chapéu das pessoas , um verdadeiro caso de educação apesar de usarem pessoas como marionetes . Porém nunca pensaram que toda vez que tiram o chapéu para alguém podem estar dando boas vinda , porque de fato aquela brisa litorânea que sempre me tira o boné é realmente um dos momentos que mais me convida a ficar naquele ambiente .
        Na minha opinião não há coisa melhor do que ser acariciado por algo repentino e nem um pouco interesseiro . De que o vento pode precisar de nós ? E mesmo assim é o único que mesmo apesar da pouca chance de escolha quanto a ação não me incomodo que acaricie meus cabelos . Adoro vê-los balançar sem motivo aparente . Dizem que tudo na vida tem uma razão , mas prefiro achar que a cada momento o que surge na verdade é um ato espontâneo . Acho que uma das coisas que mais temo são coisas com segundas intenções .
       E de tudo posso dizer que comparado ao mundo sou apenas do tamanha de um grão de arroz . De nada decido , de nada resolvo , e não é porque não posso , mas sim porque não quero . O diminutivo cotidiano não me incomoda , pois assim sei que por ser pequena não há perigo de escolher um líder a altura .
      Gramas e o chão de todo e qualquer tipo também sou exemplos de força e dedicação . Estão dispostos a carregar quem quer que passo por eles , mesmo sendo pisado na travessia . Será que existe um gesto mais cavalheiro que esse ? Dar sua estrutura para que nós , pequenos de alma , espirito e estatura passemos . E mesmo imóveis conseguem guarda tantas historias . Apesar de ter falado de uma ato cavalheiro  devo reformular meu comentário , já que na realidade o piso pode ser um incrível exemplo de mãe , como o trabalho exercido cotidianamente e incessantemente . Não importa o estado de conservação ou educação do individuo , a terra sempre a recebe de braços abertos para o que der e vier . E quando acordado o individuo tem feito o colo materno e quando em sua ida até a morte ela se transforma em seu leito e o guarda por milhões de anos , como os amados dinossauros . 
       As vezes o ambiente do chão pode parecer desconfortável , mas lembre-se que a estrutura que sustenta todo o chão pode sim mover montanhas e ainda criar crateras , tanto aparentes , quanto em razão de mostrar tamanho desastre está a realidade .
      A pouco estava longe de casa , e de lá que percebi o quanto as coisas tem valor . Não somente a minha casa , claro , mas tudo como o todo . A facilidade e a rotatividade com que tudo se movimenta nem se compara a simples descoberta do movimento ,
      Creio que posso estar sendo um pouco desmerecedora com o que falarei a seguir , contudo um grande sábio me encorajou a falar tudo que penso . Porque mesmo que o meu comentário repercuta por um longo tempo , sei que um dia a agitação cessa e é aberto caminho para uma , ainda que pequena , reflexão a partir do que alguém disse . O “Eco”, é sim um posso de sabedoria . Aqueles que o encontram podem falar o que quiser , não há preconceito com nada dito e sim somos encorajados a não nos calarmos . Sei que para aqueles ser , ou fenômeno ( para aqueles em que quase nada de extraordinário acreditam ) nunca julga o que dizemos e sem medo ou critica repete a quem queira ouvir . É certo que uma hora nossa voz para , mas tudo da vida acaba ... Pelo menos tive tempo de me expressar e ter aquilo que me afligia enviado a aqueles com o ouvido bem receptivo e sei que em algum lugar o que eu disse pode ter feito alguma diferença .
     Voltando a questão pela qual fiz o paragrafo explicativo acima : o credito que realmente dou a aqueles chamados “iluministas” é pela grande audácia de fazerem referencia a algo glorioso como a luz . Não me vejo sem o escuro , de fato , mas sem a luz não me vejo em lugar algum . Luz muitas vezes é usada para algo de iluminação , no meu caso a uso de todas as formas , mesmo as metafóricas possíveis . Acredito que metáforas são as mais puras verdades da humanidade . Em meu ponto de vista  nada pode ser definido por um conjunto de letras , porque apesar de palavras serem de força  realmente estrondosa de nada valem quando usada ao “pé da letra”. Uma metáfora faz referencia a todos os lados de algo analisado . Nada é apenas alguma coisa , na realidade o contável são as coisas que não podemos nos tornar .
       É engraçado como por parte das coisas que a maioria das pessoas não percebem nunca fui desencorajada de nada . Cheguei a conclusão que aquele que acreditam que fez o que antes era “impossível”, na verdade limitou tudo aquilo que podia ser realizado . Não há quem resista mais que nós mesmos . Nunca vi a arvore aqui de casa  resistir a todas as minhas experiências ao seu redor . Todavia  já fui duramente impedida por aqueles que nem sofreriam com minhas tentativas .
           Confesso que um dos fenômenos que mais me admiram é aquela espécie de poeira que caminha pelo ar quando a luz do Sol bate em alguma região . Comprova para mim que podemos viver em qualquer lugar , basta sermos livres para fazer o percurso de viagem .
          Quando um pequeno arco- íris aparece em algum canto da minha casa não deixo de sorrir. Assim fica evidente que qualquer lugar pode ser um tesouro , basta acreditar . O fim pode não ser tão ruim assim , talvez apenas um motivo para um novo recomeço . Adoro cheiro de carro novo !
         De tudo que falei posso ter errado em cada comentário , mas mesmo assim escrevi . Não sofri nenhum julgamento no processo de escrita  , já que escrevi essa pequena reflexão em uma tarde de domingo enquanto todos aqueles que juraram estar sempre ao meu lado estavam dormindo e com certeza pouco pensando no que alguém tão insignificante como eu poderia estar fazendo . 
      É chegado o fim , ou melhor , somente uma pausa . Aqueles que tiveram a paciência de ler até o final agradeço imensamente . Todavia sei que haverá boa parte que falará mal , mas no real estado da minha autoestima e esperança , falam mal ou falem bem , o que importa que pelo menos pararam para escutar meu suspiro alfabético .

imagens de - 
1o - http://users.task.com.br/rsilveira/cronicasspiderwick.jpg
2o- http://3.bp.blogspot.com/-fgtxbJzn8so/TjTGI1RzgOI/AAAAAAAAAXs/QKm4JBN6IBU/s320/OLHANDO+PELA+JANELA.jpg


3 comentários:

Tetê disse...

Adorei,meu bem!

Anônimo disse...

fale mal ou bem o importante é que escreveu muito bem

Marcia disse...

A firmeza das árvores, a liberdade do vento, o acolhimento da terra... fenômenos tão antigos como o tempo.
A sua força e coragem, a sua sabedoria construída com a observação primorosa da natureza e das pessoas, a sua capacidade de descrever emoções e fatos, a sua percepção acurada da realidade... tão novo como você, mas igualmente profundo.